INFORME SEU WHATSAPP E ENTRAREMOS EM CONTATO




Entre em contato conosco



VENDAS:

(11) 4933-2851

ATENDIMENTO

POR E-MAIL

ATENDIMENTO

ONLINE

Corretores online

DAS 09H ÀS 22H

Compra de imóveis para investir impulsiona melhora do setor em SP

Número foi impulsionado por unidade menor e popular, diz diretor-executivo da Abrainc

 

As cidades que tiveram os maiores aumentos de lançamentos imobiliários no ano passado são aquelas onde há investidores que adquirem apartamentos para receber renda de aluguel.

São Paulo e Brasília tiveram alta de 25% e 20%, respectivamente, do valor geral de novos empreendimentos, segundo a Brasil Brokers, um grupo de imobiliárias presente em oito estados.

“A cidade de São Paulo tem mais investidores que outras praças, e eles procuram imóveis no seu próprio município”, afirma o diretor-presidente, Claudio Hermolin.​

A tendência segue neste ano, segundo ele: no primeiro trimestre de 2018, 35% das vendas da entidade que ele comanda foram feitas a pessoas que não tinham planos para viver no apartamento que adquiriram.

O número positivo foi impulsionado por unidades menores e de perfil popular, diz Luiz Antonio França, diretor-executivo da Abrainc (associação de incorporadoras).

“Praças onde houve grandes quedas têm estoque alto de edifícios construídos antes da crise. As melhoras de indicadores são sentidas mais rapidamente onde há mais diversidade econômica.”

O cenário, no entanto, é pior do que poderia ser, diz Antonio Setin, da incorporadora que leva seu sobrenome. 

“Juros impactam o mercado. Quando caem a um dígito, geralmente há um boom. A demanda não está compatível com a taxa atual.”

A falta de clareza do que vai acontecer nas eleições é um dos fatores que impactam o setor imobiliário, segundo ele.

 

Passa no cartão

A fintech (financeira digital) capixaba pag! vai investir R$ 80 milhões em seu plano de expansão em 2018.

A ideia é ampliar seu número de clientes de cartões de 300 mil para 1 milhão e somar 5 milhões de correntistas até dezembro.

“Precisamos de servidores novos e trabalhamos em ferramentas para atender a demanda esperada. Recebemos 700 mil pedidos no primeiro trimestre e temos 1,5 milhão de solicitações de cartão”, diz o CEO, Victor Farias.

Os equipamentos serão instalados em Vitória, onde está seu principal escritório, e na unidade em São Paulo.

O aporte será feito com recursos próprios e do Grupo Avista, dono da startup.

“Passamos a oferecer há pouco a função de débito para os clientes, o que deve potencializar o crescimento”, afirma o diretor financeiro, Felipe Felix.

300 mil
é o número de clientes hoje

150
é o número de funcionários

 

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/mercadoaberto/2018/04/compra-de-imoveis-para-investir-impulsiona-melhora-do-setor-em-sp.shtml

Conheça nossos empreendimentos